Rare Collection de 1937, da Glenfiddich: Um dos Uísques Mais Caros do Mundo

A Rare Collection de 1937 da Glenfiddich foi destilada antes da Segunda Guerra Mundial, esta bebida requintada foi retirada de um único barril no famoso armazém de Dufftown, na Escócia. Quando foi esvaziado em 2001, havia líquido suficiente para encher 61 garrafas.

Os colecionadores são obcecados por essa expressão específica –não apenas por sua excepcional singularidade, mas por sua excessiva raridade. Em uma venda de uísque da Bonhams, em Edimburgo, há quatro anos, estabeleceu a marca para o malte mais caro já vendido em uma casa de leilões escocesa.

O valor: cerca de US$ 87 mil. Acontece que foi um investimento que valeu a pena. Desde então, a bebida teve seu valor aumentado em quase 40%.